• 5 de Março, 2022

Pode obter seguro de vida ao melhor preço sem prescindir da qualidade

Quando se contrata um seguro de vida, faz-se pensando que servirá de alguma forma para que os beneficiários tenham uma garantia económica. Mas também pode ajudar o segurado em caso de invalidez ou doença grave. É por isso que deve pensar nos seus próprios interesses e se colocar em todas as situações possíveis antes de tomar uma decisão. Felizmente, e embora não seja fácil, é possível encontrar um bom seguro de vida barato por conta própria se aplicarmos uma série de dicas.

Compare todas as ofertas

Só tendo uma visão geral do que é habitual em termos de cobertura e quanto custa em média o seguro de vida, poderá distinguir as melhores ofertas do setor. Mas, como dissemos, rever as informações de todas as empresas e suas modalidades de política (risco de vida, morte, economia de vida) leva tempo, tempo esse que a maioria de nós não tem.

Para isso, o melhor a fazer é optar por um comparativo de seguros de vida, com o qual terá uma visão geral do que eles oferecem para garantir o bem-estar económico futuro de sua família. Graças a ele receberá um orçamento personalizado para cada caso. A razão? Que fatores como idade, profissão, etc.) sejam valorizados, e sejam usados ​​para comparar os preços de várias empresas ao mesmo tempo.

Use um simulador de seguro de vida

Quanto custa o seguro de vida? Você tem que ser muito claro sobre essa resposta para saber se uma oferta é boa ou se atende às expectativas mínimas de relação qualidade/preço. As companhias de seguros podem oferecer estimativas de quanto uma apólice de vida pode custar a cada mês. Mas a frase “de” é apenas estimativa, não a perca de vista.

Só com a utilização do simulador de seguro de vida pode ter uma ideia ajustada de quanto custa para cada pessoa e consoante o tipo de apólice que pretende subscrever. Com um simulador ou comparador de seguro de vida, só será necessário inserir os dados uma vez de forma simples para obter um resultado personalizado com preços e opções de seguro de vida baratos.

Seja claro no que deseja

Este ponto é importante para poder, na hora de assinar a apólice, descartar coberturas desnecessárias. Há empresas que justificam um preço mais alto no prémio com serviços, vantagens ou atenção especial aos seus segurados, como aconselhamento telefónico, ou serviço de orientação médica 24 horas por dia. Também é possível que incluam coberturas extras que outros oferecem apenas como opcionais, como o dobro do capital em caso de morte acidental.

Será sua decisão tê-los ou não. Mas não esqueça que o nível de proteção sempre será fundamental no preço final do seguro. Quanto mais garantias, mais premium. No caso do seguro de vida, antes de contratar é necessário saber quais as situações que pretende segurar, mas também de que forma. Existem diferentes tipos de seguro de vida e não é o mesmo subscrever uma apólice de vida anual do que fazer um seguro capital após a morte, independentemente de quando ela ocorre.

Tenha atenção às letras miúdas

Às vezes o barato sai caro. Mas só o descobrimos quando já é tarde demais. A melhor maneira de evitar surpresas desagradáveis ​​é ler atentamente as letras miúdas. É aqui que se especificam as condições particulares do serviço. Por exemplo, se eles oferecem uma renda em caso de doença crítica, é nas cláusulas do contrato que são detalhadas quais patologias são consideradas uma doença crítica e qual valor deve ser recebido.

Embora existam coberturas que podem ser muito atrativas, elas só são realmente úteis se você tiver claro, com antecedência, o que pode esperar da empresa e se você reviu todos os limites e exceções. É por isso que é necessário verificar cuidadosamente as condições antes de assinar qualquer coisa.

Aproveite as ofertas

Um preço baixo não significa obrigatoriamente falta de qualidade. Existem promoções e outras formas de obter um seguro de vida barato. Se já tem seguro de carro ou casa com uma empresa, eles podem te dar um preço especial para fazer outra apólice com eles. Esta é uma forma muito comum de fidelização de clientes entre as seguradoras.

Há também empresas que vendem seguros online. Ao reduzir despesas em escritórios e mediadores de seguros, podem competir com preços mais atrativos do que as empresas tradicionais. Lembre-se também de que o seguro não é um setor estático e novas seguradoras continuam a surgir, assim como novas fórmulas de seguro de vida podem ser comercializadas.

Informe-se

De especialistas, de publicações especializadas, na imprensa, etc. Quanto mais informações tiver sobre o assunto, mais fundamentada será a decisão final. Aconselhamento não significa recorrer a um conselheiro. Uma pequena pesquisa sobre o assunto graças ao mecanismo de busca do Google pode ajudar a esclarecer algumas dúvidas.

Uma boa opção são associações ou organizações relacionadas à informação ao consumidor ou blogs independentes. Sites, em suma, que não suportam os interesses comerciais de uma determinada empresa em detrimento de outra.

Lembre-se que desconta

Ter vantagens fiscais é outra forma de tornar o seguro de vida mais barato. Assim, se tiver um seguro de vida em casa, não se esqueça de o incluir na sua declaração de rendimentos para usufruir das suas deduções fiscais, caso seja trabalhador independente.

O seguro de vida também pode fazê-lo poupar no imposto sobre herança. Existem várias situações em que os beneficiários podem contar com uma redução da matéria coletável do imposto (por exemplo, se o valor herdado não ultrapassar um determinado limite máximo).